Em um ano, número de paulistanos com carro sobe 13%

Em média, os paulistanos desperdiçam em medida 2h43 no trânsito todos os dias, diz Movimento Nossa São Paulo

18 de setembro de 2009 | 11h16

O número de paulistanos com carro subiu 13% em um ano, segundo pesquisa divulgada pelo Movimento Nossa São Paulo divulgada na manhã desta sexta-feira, 18. A pesquisa entrevistou 805 pessoas entre os dias 28 de agosto e 1 de setembro e tem margem de erro de três pontos porcentuais. De acordo com os dados divulgados nesta sexta, subiu para 50% o total de entrevistados que dizem ter um carro; em 2008, 37% tinham carro. Entre as pessoas que tem carro, 37% compraram um veículo nos últimos 12 meses.

 

Veja também:

documento Íntegra da pesquisa do Movimento Nossa São Paulo

 

Em média, os paulistanos desperdiçam em medida 2h43 no trânsito todos os dias. A poluição aparece como um problema muito grave ou grave para 92% dos entrevistados de acordo com o Movimento Nossa São Paulo. A disposição dos paulistanos de deixar o carro em casa e usar o transporte público passou de 44% para 47% de 2008 para 2009. Caso a cidade tivesse uma boa alternativa para o transporte, 34% dos paulistanos deixariam o carro em casa, contra 29% que fariam isso em 2008.

 

A pesquisa também questionou os entrevistados sobre medidas polêmicas adotadas na cidade nos últimos meses, como a proibição aos fretados. O resultado aponta divisão entre os paulistanos: 47% são a favor da medida e 51% contra. Em relação à liberação do mototáxi em São Paulo, 50% se dizem favoráveis e 48% contrários. No entanto, 57% dizem que não vão usar o serviço, caso ele seja liberado, contra 37% que afirmam que vão usar o mototáxi. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.