Em três horas, parte de SP teve 50% da chuva de todo o mês

Região central, Ipiranga e Vila Prudente foram as áreas mais atingidas; previsão é de mais chuva nesta quarta

da Redação , estadao.com.br

18 Março 2009 | 12h14

Em três horas da terça-feira, as regiões central, do Ipiranga e a Vila Prudente tiveram 50% da chuva esperada para todo o mês de março. O temporal foi o pior do ano em São Paulo e causou inúmeros transtornos à população. Para esta quarta-feira, 18, a previsão é de mais chuva, já que áreas de instabilidade vão se unir com uma frente fria, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

 

Veja também:

mais imagens Galeria de fotos dos estragos da chuva

especial Tempestade e caos em São Paulo

especial São Paulo à merce das águas

blog Acompanhe a situação do trânsito no blog

forum Sofreu com o temporal? Conte sua história

mais imagens Mande sua foto com imagens da chuva

 

Até a terça, a capital teve 60% de toda a chuva esperada para o mês de março, segundo Hassan Barakat, engenheiro do CGE. Na Sé, choveu 90,5 mm na terça; no Ipiranga, foram 76,7 mm e na Vila Prudente foram registrados 67 mm. A média da cidade ficou em 36,1 mm, a maior chuva de 2009. Até agora, já choveu 96,9 mm na cidade, sendo que o esperado para o mês é de 160 mm.

 

O temporal da terça foi causado pelas áreas de instabilidade associadas ao calor. Barakat explica que as regiões que tiveram mais chuva, provavelmente registraram temperaturas mais altas durante o dia. O CGE acredita que a chuva desta quarta não deve ser tão forte quanto a da terça. No entanto, não descarta a hipótese de alagamentos na cidade.

 

Por volta das 15 horas da terça, o CGE decretou estado de atenção em toda a capital. De acordo com a classificação do órgão, há quatro estados em que a cidade pode se encontrar:

 

Estado de observação - normal;

Estado de atenção - quando há potencial de alagamento;

Estado de alerta - é decretado quando os rios transbordam;

Estado de alerta máximo - seria uma "calamidade pública", mas nunca foi registrada na capital.

 

(Com informações de Mônica Aquino, do estadao.com.br e Edison Veiga, de O Estado de S. Paulo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.