Em três acidentes, 9 morrem em rodovias de Ribeirão Preto

Colisão mais grave ocorreu na Rodovia SP-215, envolvendo dois carros e causando a morte de seis pessoas

Brás Henrique, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2008 | 14h37

Nove pessoas morreram em três acidentes ocorridos em rodovias da região de Ribeirão Preto, na noite de domingo, 13. O mais grave, e com mais vítimas, ocorreu no quilômetro 59 da Rodovia SP-215, entre Santa Cruz das Palmeiras e Casa Branca, envolvendo uma Parati e um Gol. Houve colisão frontal e as seis pessoas envolvidas no acidente morreram no local. O forte choque ocorreu às 19 horas.   Um dos motoristas invadiu a faixa contrária e os dois veículos estavam em alta velocidade. Na Parati dirigia o pedreiro Anísio dos Santos, de 52 anos, que estava com o colega de trabalho Marco Antonio Ponciano, de 41, ambos de Santa Cruz das Palmeiras. No Gol, de Boa Esperança do Sul, estavam o motorista de 27 anos e três adolescentes, entre 12 e 16 anos. Uma adolescente foi sepultada em Santa Cruz das Palmeiras.   Na Rodovia Brigadeiro Faria Lima, em Barretos, outra pessoa morreu em acidente que envolveu três caminhões e um carro. A vítima fatal foi o motorista de um dos caminhões que bateu de frente com outro que estava em ultrapassagem em local proibido da pista.   As outra mortes ocorreram em acidente na Rodovia Padre Donizetti, em Santa Rosa de Viterbo. Também ocorreu colisão frontal entre um carro e uma caminhonete. Duas pessoas morreram e outra ficou ferida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.