Em SP, policial morre após ser baleado; já é o oitavo caso no ano

Após abordarem uma quadrilha que tentava furtar um caixa eletrônico, dois PMs foram atingidos por tiros de fuzil

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

14 de abril de 2011 | 17h07

SÃO PAULO - O soldado Militão Estevão Xavier, da Polícia Militar, faleceu nesta quinta-feira, 14, após ser baleado com tiro de fuzil no bairro do Cursino, na zona sul de São Paulo.

 

Pouco antes das 4h da manhã, uma equipe do policiamento de trânsito da Polícia Militar abordou uma quadrilha que tentava furtar um caixa eletrônico de uma agência bancária. Os suspeitos fugiram em três veículos, e atiraram contra os policiais. Dois foram atingidos.

 

Xavier foi atingido no abdome e socorrido ao Hospital São Paulo, porém não resistiu aos ferimentos. Outro policial também foi atingido no braço esquerdo, mas foi liberado após ser medicado.

 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, ele foi o oitavo policial militar morto este ano. Durante o ano de 2010, 16 policiais militares perderam suas vidas.

Tudo o que sabemos sobre:
PMmorteCursinozona sulSPbaleado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.