Em SP, PF detém piloto de avião em ação antitráfico

A ação fez parte da Operação São Francisco, desencadeada sábado pela PF contra o narcotráfico

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agencia Estado

20 de agosto de 2007 | 20h08

A Polícia Federal prendeu nesta segunda-feira, 20, em São Roque, no interior paulista, o piloto Milton Helfntens, conhecido do Ralf, acusado de integrar uma quadrilha internacional de traficantes de drogas.   Ralf foi detido em sua casa, no centro da cidade, e levado para a sede da PF em São Paulo. Segundo o delegado Fernando Bonsack, ele negou o crime, mas a PF tem provas de seu envolvimento. Ralf é suspeito de fazer o transporte de drogas e de dinheiro para a organização. A ação fez parte da Operação São Francisco, desencadeada sábado pela PF contra o narcotráfico. Cumprindo mandados judiciais de busca e apreensão, agentes da PF estiveram também na casa do colombiano Andréas Duran Parras, no bairro Campolim, na zona residencial mais nobre de Sorocaba.   Os policiais estavam à procura de documentos, drogas e dinheiro. Dois veículos, um automóvel e uma van importados, foram apreendidos. Um deles, uma Pajero, estava numa revenda de carros. Parras foi preso no início da ação, sábado, no Uruguai, juntamente com seu tio, Gustavo Duran Bautista, acusado de chefiar uma organização internacional do narcotráfico. Parras é dono de uma empresa em Sorocaba.

Tudo o que sabemos sobre:
traficante colombiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.