Em SP, Naruhito surpreende ao fazer discurso em português

Herdeiro do trono japonês ouviu planos para o futuro dos estudantes da Universidade de São Paulo

Vitor Hugo Brandalise, O Estado de S. Paulo

20 de junho de 2008 | 14h33

O príncipe herdeiro do trono japonês, Naruhito, surpreendeu nesta sexta-feira, 20, ao discursar em português, na visita à Faculdade de Direito de São Paulo, no Largo do São Francisco. Em discurso de cerca de 3 minutos, ele agradeceu pela "calorosa recepção na universidade mais conceituada do Brasil" e que espera "poder contribuir para o fortalecimento e desenvolvimento das relações entre os dois povos".   Depois, o príncipe se reuniu com 40 estudantes, representantes de todas as faculdades da USP. Por cerca de 20 minutos, ele ouviu dos alunos seus planos para o futuro e expectativas para as diferentes profissões. No segundo dia de visita a São Paulo, Naruhito mais uma vez quebrou protocolos - acenou para o público, posou para fotos e ficou mais tempo nos locais previstos do que mandava o rígido cronograma dos organizadores da visita.   Antes de chegar ao Largo do São Francisco, o príncipe visitou as exposições do Museu da Imigração Japonesa, na Liberdade, que possui cerca de 5 mil objetos, 28 mil documentos escritos e 10 mil fotos relacionadas aos imigrantes. Na visita, o príncipe fez uma doação - de valor não divulgado - à Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, cuja sede fica no mesmo prédio. Nesta tarde, o príncipe visita o Parque do Carmo, em Itaquera na zona leste, e se encontra com representantes da comunidade nipo-brasileira e japoneses residentes em São Paulo, no hotel Gran Meliá Mofarrej, na Alameda Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.