Em SP, Defesa Civil alerta sobre risco de deslizamento em Juqueí

A Defesa Civil de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, está em alerta por causa da movimentação no solo de um morro localizado na Vila Esquimó, em Juqueí. No local, considerado área de risco, residem 48 famílias. Na madrugada de ontem houve um deslizamento de terra que atingiu uma das casas. A parede do quarto onde três irmãs de 11, 13 e 15 anos dormiam foi atingida. Ninguém se feriu.

REGINALDO PUPO, ESPECIAL PARA O ESTADO , SÃO SEBASTIÃO, O Estado de S.Paulo

20 Março 2013 | 02h03

Segundo a moradora Márcia da Silva, 32, que reside há seis anos no local, era madrugada quando a terra cedeu e atingiu o cômodo da casa. "Levamos um susto e retiramos as meninas imediatamente." Apesar do deslizamento, a família permaneceu no local. Segundo Carlos Eduardo Santos, chefe da Defesa Civil, o morro "andou" 43 cm na madrugada de ontem. "Há uma fenda de 43 cm que está recebendo toda a água da chuva e isso nos preocupa, pois não sabemos onde ela está sendo represada."

Calamidade. São Sebastião continua em estado de calamidade pública, decretada pelo prefeito Ernane Primazzi (PSC), que foi cassado pela Justiça na última sexta-feira, após ser acusado por compra de votos durante a campanha. Por causa da calamidade, o juiz eleitoral Guilherme Kirshner decidiu mantê-lo no cargo para não prejudicar a cidade com a alternância de poder. Até o julgamento do mérito.

Rio-Santos. O tráfego da Rio-Santos segue por meio de comboios conduzidos pela Polícia Rodoviária Estadual e os carros passam próximos a postes e rochas que estão na iminência de ceder. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) mantém o monitoramento da Rodovia Rio-Santos, entre Maresias e Boiçucanga, em São Sebastião, após o registro de novo deslizamento de terra que interditou a via à 1h de ontem. O trânsito foi liberado por volta das 10h.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.