Em Salvador, casos são registrados após lei em vigor

A lei proibindo o uso de "celular, radioamador e congêneres" nos bancos de Salvador (BA) começou a valer em setembro do ano passado. No início, a fiscalização notificou alguns bancos por falta de sinalização e outros foram multados pelo flagrante do uso de celulares em suas agências. Atualmente, a delegacia especializada afirma que são registrados dois novos casos de "saidinha" por semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.