Em menos de um ano, 990 árvores já caíram

Quedas costumam causar corte de energia, danificar carros, ferir pessoas; ontem, Prefeitura e AES Eletropaulo fecharam convênio para podas

Tiago Dantas, O Estado de S.Paulo

10 Dezembro 2010 | 00h00

A queda de nove árvores danificou cinco carros, interrompeu a distribuição de energia em algumas casas e deixou duas pessoas com ferimentos leves anteontem à noite. Os incidentes foram provocados pela chuva forte e por rajadas de vento que atingiram 41 quilômetros por hora em alguns pontos da cidade. Até 30 de novembro, foram registradas 990 quedas de árvores na capital, segundo os bombeiros. No ano passado, foram 971 casos.

Com a intenção de acelerar a poda das árvores do Município e tentar diminuir o impacto da queda de galhos sobre a fiação, Prefeitura e AES Eletropaulo assinaram um convênio ontem. Pelo acordo, a companhia elétrica fica responsável, durante dois anos, por fazer o corte de todas as árvores que crescem embaixo da rede de distribuição. À Prefeitura, cabe limpar as folhas e fazer a poda em árvores que não ficam perto dos fios.

O acordo será colocado em prática pela primeira vez neste fim de semana, quando serão feitas podas nas Ruas Groenlândia e Colômbia, nos Jardins, e nas Avenidas Rio Branco e Rudge, em Campos Elísios, no centro. "O trabalho vai ficar mais ágil. Quando o galho encostava nos fios, tínhamos de chamar a Eletropaulo para desligar a rede. Não vamos precisar mais fazer isso", disse a coordenadora de Áreas Verdes da Secretaria de Coordenação de Subprefeituras, Cynthia Guimarães Bianchi.

Na capital, cerca de 82 mil podas foram feitas pela Prefeitura até o fim do mês. Segundo a Secretaria de Coordenação de Subprefeituras, 43 mil dessas operações foram solicitadas. Moradores da Rua Pará, em Higienópolis, região central, reclamaram, porém, que o pedido deles não foi atendido. Uma árvore caiu sobre um Honda Civic na esquina com a Rua Bahia no fim da noite de anteontem. "Uma parte dela já havia caído em dois carros no começo do ano", disse o segurança Evandro Paixão. Na esquina das Ruas Mourato Coelho e Aspicuelta, Vila Madalena, uma árvore caiu sobre quatro carros e duas motos, ferindo duas pessoas. / COLABOROU BRUNO LUPION

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.