Em dois dias, polícia apreende 4,1 toneladas de maconha em SP

Foram detidas 16 pessoas. flagrantes de tráfico cresceram 13,12% no primeiro quadrimestre em comparação ao mesmo período de 2014

O Estado de S. Paulo

13 Junho 2015 | 15h44

SÃO PAULO - Em dois dias, as polícias Militar e Civil de São Paulo apreenderam cerca de 4,1 toneladas de maconha na capital e em São José dos Campos. Dezesseis pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas nas duas ações, entre a quinta-feira, 11, e a sexta-feira, 12. No primeiro quadrimestre de 2015, o total de drogas apreendidas foi de 22,4 toneladas - 20,63% a mais do que no mesmo período do ano passado.

A primeira apreensão, de 1,1 tonelada de droga, ocorreu em São José dos Campos, na manhã de quinta-feira, e terminou com cinco pessoas detidas. Após investigação da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes da região, a Polícia Civil flagrou o grupo no km 134 da Via Dutra.

Na carroceria do caminhão onde estavam, havia 795,7 quilos de maconha, divididos em 1.039 tijolos. O restante das drogas, além de um revólver calibre 38 com numeração raspada, foi encontrado em um depósito, na cidade de Jacareí, e na casa de um dos suspeitos. A investigação ficou a cargo da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes, de São José dos Campos. 

Capital. Já a segunda apreensão, de 3 toneladas de maconha, ocorreu em um galpão na Vila Maria, zona norte de São Paulo, na noite de sexta, e terminou com 11 detidos. Os policiais militares chegaram ao local após receberem uma denúncia de que o caminhão, acoplado a uma carreta, havia entrado no galpão carregado de droga.  A PM flagrou o grupo descarregando 3.025 tijolos de maconha. 

A droga foi escondida debaixo de um carregamento de soja. Os suspeitos alegaram que foram pagos apenas para transferir os pacotes de maconha para outro veículo, que estava parado no galpão. O material foi apreendido e seguiu para perícia do Instituto de Criminalística. A ocorrência foi registrada na 1ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc). 

No quatro primeiros meses do ano, os flagrantes de tráfico tiveram alta de 13,12%, com 14.673 casos. No total, são 1.702 ocorrências a mais em relação ao registrado no mesmo período do ano passado. 

 

Mais conteúdo sobre:
tráfico de drogas maconha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.