Em manhã de chuva e alagamentos, SP tem 106 km de lentidão

Queda de árvore deixa um homem morto no Grande ABC; Marginal do Tietê tem pior ponto de trânsito às 13h

Paulo R. Zulino e Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

07 de dezembro de 2007 | 13h08

O paulistano enfrentou trânsito complicado em toda a manhã desta sexta-feira, 7, devido ao excesso de veículos e à chuva. Depois de registrar nove pontos de alagamento no começo da manhã, a situação havia melhorado por volta das 13 horas, quando o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) registrava apenas um ponto de alagamento, na Avenida Interlagos, próximo à Rua Eng. Dagoberto Salles. No mesmo horário, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) apontava 107 km de congestionamento em toda a cidade. O pior ponto de lentidão estava na Marginal do Tietê, que tinha quase 5,5 km de congestionamento entre as pontes da Casa Verde e do Piqueri, tanto na pista expressa quanto na local. A Avenida Washington Luís também tinha trânsito complicado no horário, com mais de 5 km de lentidão no sentido bairro. Devido às fortes chuvas desde a noite de quinta-feira, 6, várias árvores caíram. Um homem morreu em São Caetano, no ABC paulista, atingido por uma árvore que caiu. Odenildo Pereira Marques, de 46 anos, passava pela Rua Conselheiro Antônio Prado, próximo do Viaduto dos Autonomistas, quando foi atingido por uma árvore na manhã desta sexta. Na zona sul, uma árvore caiu na Praça Leonor Calpa, na altura do número 100, no Bosque da Saúde. Com a queda, a árvore atingiu os fios da rede elétrica em frente ao Shopping Plaza Sul, um dos principais da região, mas não há informações sobre vítimas. Uma guarnição dos bombeiros foi enviada ao local para remover a árvore.

Tudo o que sabemos sobre:
chuvas em SPtrânsito em SPalagamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.