Hélvio Romero/AE
Hélvio Romero/AE

Em manhã de caos no Metrô, zona leste concentra lentidão

Esquema especial de circulação dos ônibus foi encerrado por volta das 10h50

estadão.com.br,

21 Setembro 2010 | 12h15

SÃO PAULO - Na zona leste, a paralisação do Metrô de São Paulo na manhã desta terça-feira, 21, refletiu no trânsito após as 10 horas. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), ao meio-dia, a zona leste era responsável por 28 km dos 46 km de lentidão da capital. A região sul tinha o menor índice (apenas 1%) de congestionamento.

 

Por conta do problema nos trens do Metrô, a SP Trans informou que algumas linhas de ônibus continuaram circulando em esquema especial até por volta das 10h50, como acontece no horário de maior fluxo de passageiros. Normalmente, o esquema de horário de pico funciona até as 9 horas, quando alguns ônibus deixam de circular.

 

Mesmo assim, o Metrô não solicitou à empresa o acionamento do Plano de Apoio Entre Empresas Frente a Situações de Emergência (Paese). De acordo com a SP Trans, as linhas de ônibus voltaram a circular com a frota normal, já que o fluxo de passageiros não excede mais o previsto.

 

(Com Gabriel Vituri, Julia Baptista e Priscila Trindade)

Mais conteúdo sobre:
São PauloMetrôtrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.