Em julgamento da TAM, ex-diretora da Anac afirma que é 'bode expiatório' do governo

Denise Abreu disse que vai revelar os bastidores da investigação do acidente aéreo quando chegar sua vez de prestar depoimento, o que só deve acontecer no ano que vem

Tiago Dantas,

08 Agosto 2013 | 19h23

SÃO PAULO - Ao final do segundo dia de depoimentos do caso TAM, a ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e uma das rés do processo, Denise Abreu, afirmou a jornalistas que foi escolhida como "bode expiatório" para "blindar o governo". Ela afirmou que vai revelar os bastidores da investigação do acidente aéreo quando chegar sua vez de prestar depoimento, o que só deve acontecer no ano que vem.

"Não fui eu a responsável pelo acidente. É impossível um diretor jurídico, que só assina papel, ter qualquer responsabilidade num acidente aéreo", disse. "Também sou vítima. Fui eleita como bode expiatório do sistema político do Brasil, que esconde as mazelas do sistema aéreo nacional."

Em 17 de julho de 2007, o avião, que vinha de Porto Alegre, não conseguiu pousar no Aeroporto de Congonhas, zona sul da capital, e se chocou contra um prédio da própria companhia, causando a morte de 199 pessoas.

Depoimentos. Piloto da TAM desde 2006, João Batista Ribeiro depôs por cerca de 1h20 nesta quinta-feira, 6 de agosto. Ribeiro pousou um Airbus A320, semelhante ao que se acidentou, no Aeroporto de Congonhas um dia antes da tragédia. Ele afirmou que chovia em São Paulo e que a pista estava escorregadia. O piloto relatou dificuldades de frear o avião, devido à aquaplanagem. Ele confirmou à Justiça que fez o chamado "relatório de perigo" e o encaminhou à diretoria de segurança da TAM.

No primeiro dia de julgamento, outras duas testemunhas da acusação disseram que, um dia antes do acidente aéreo, a TAM havia sido informada por um piloto que a pista não oferecia segurança para pousos em dias de chuva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.