Em GO, criança é baleada ao proteger o pai

Uma menina de 12 anos está internada em estado gravíssimo no Hospital de Urgências de Goiânia, após ser baleada na cabeça e nas pernas, no lugar do pai. Ela e uma irmã de 14 anos de idade se colocaram como escudo para protegê-lo quando viram que ele era ameaçado por um homem armado.

MARILIA FELISBERTO DE ASSUNÇÃO ESPECIAL PARA O ESTADO , GOIÂNIA, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2013 | 02h02

O caso ocorreu no sábado em uma pizzaria da qual a família era cliente, na Vila Alzira, em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana de Goiânia. Após um desentendimento, há algumas semanas, o dono da pizzaria passou a espalhar que se vingaria do pai das meninas. No sábado, ele foi conversar com o dono do estabelecimento, que logo apontou uma arma e começou a atirar, atingindo as meninas. A ação acabou filmada por câmeras e por celulares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.