Em fuga, detento rouba van com crianças

Antes, servente que cumpre pena em regime semiaberto já havia assaltado mulher, esfaqueado homem e roubado outro carro

Denize Guedes - O Estado de S. Paulo,

12 Março 2012 | 23h19

SÃO PAULO - O servente Adriano dos Santos Aguiar, de 33 anos, que cumpria pena em regime semiaberto, foi preso na manhã desta segunda-feira, 12, no Campo Limpo, zona sul de São Paulo, após protagonizar uma série de crimes: assaltar uma mulher, esfaquear um homem e roubar dois veículos - um deles com 13 crianças, que eram levadas para a escola. Aguiar registra várias passagens pela polícia e foi indiciado por roubo na Central de Flagrantes da 3.ª Seccional Oeste (Pinheiros).

A ação começou quando o servente, armado com uma faca, abordou uma cabeleireira, de 41 anos, e roubou a bolsa dela. Em seguida, Aguiar fugiu correndo e, no caminho, esfaqueou um aposentado, de 61 anos, depois de uma nova tentativa de roubo.

O servente ainda assaltou um contador, de 26 anos, de quem conseguiu roubar uma Livina bege. Nesse momento, por volta das 7h30, o contador conseguiu avisar agentes municipais em uma viatura da Guarda Civil Metropolitana (GCM), que passava pela Rua Rogério Paulo Brito.

Foi então que a GCM saiu em perseguição a Aguiar que, inesperadamente, desceu do carro que tinha acabado de roubar e dominou a motorista de uma van escolar - uma Ducato Minibus branca, em que eram transportados 13 estudantes.

Colisões. O servente assumiu o volante da van e continuou a fuga, sendo acompanhado de perto pelos guardas metropolitanos. Aguiar, então, colidiu com a viatura da GCM, mas não parou o veículo, seguindo pela Estrada do Campo Limpo na contramão.

Logo depois, ele atingiu uma moto Honda CG 150, que era conduzida por um autônomo, de 33 anos, e um Corsa Wind, guiado por um vigilante, de 28 anos. Não houve registro de feridos.

Uma viatura de apoio da GCM auxiliou na prisão de Aguiar, que teve ferimentos e foi levado para o Pronto Socorro do Hospital Municipal Doutor Fernando Mauro Pires Rocha, em Itapecerica da Serra, onde foi medicado e, na sequência, levado pelos GCMs para a Central de Flagrantes.

Ferido. Ainda no hospital, os GCMs foram informados de que o aposentado esfaqueado na tentativa de roubo estava sendo medicado. A vítima reconheceu Aguiar, que também foi apontado como o autor do roubo da bolsa pela cabeleireira.

Na delegacia, Aguiar, que cumpria pena em regime semiaberto e já registrava passagens por roubo e porte ilegal de arma, foi indiciado por roubo. Os veículos envolvidos na caso foram encaminhados para perícia.

Mais conteúdo sobre:
detento fuga perseguição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.