Em estado de atenção, SP registra 4 pontos de alagamentos

A chuva forte atingiu primeiro as regiões leste e centro; Defesa Civil alerta para nova frente fria esta semana

Solange Spigliatti, do estadao.com.br

03 de novembro de 2007 | 17h25

Em estado de atenção desde as 16h10, a cidade de São Paulo já registrava quatro pontos de alagamentos, por volta das 18 horas deste sábado, 3, , segundo informações do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).   A chuva forte atingiu primeiro as regiões Leste, Norte Sudeste e Centro de São Paulo. Um ponto de alagamento transitável foi registrado pelo CGE às 15h27 na alameda Agenor Couto Magalhães, no Jaraguá, zona norte de São Paulo.   As zonas oeste e sul, assim como a marginal Tietê, também ficaram em estado de atenção, a partir das 16h10.   Tempo instável   Uma nova frente fria vai manter o tempo instável em todas as regiões paulistas entre a noite deste sábado, 03, e a segunda-feira, 05, segundo alerta da Defesa Civil do Estado.   A chegada de um novo sistema frontal pelo oceano e de uma massa de ar polar intensificam as chuvas que devem ocorrer de forma mais generalizada entre esta noite e amanhã, elevando o potencial para alagamentos, transbordamento de rios e deslizamentos de terra, principalmente em função da continuidade das chuvas.   Ainda há risco de temporais isolados com fortes rajadas de vento e granizo, o que pode provocar queda de árvores e destelhamentos, principalmente nas proximidades da divisa com Minas Gerais, Vale do Paraíba e Litoral Norte, onde são previstos os maiores volumes de chuva acumulada.   A maior cobertura de nuvens e os ventos que passam a soprar do quadrante sul causam declínio das temperaturas. Alerta-se ainda para o aumento da agitação marítima entre o domingo e a segunda-feira, o que prejudica a navegação de pequenas embarcações em alto-mar, mas não deve provocar ressacas no litoral paulista.   Texto atualizado às 18h08

Tudo o que sabemos sobre:
Chuvaestado de atenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.