Em Congonhas, quase metade dos voos registra atrasos

Partidas foram remanejadas na quinta à noite e passageiros tiveram de dormir no saguão do aeroporto

NATALY COSTA, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2012 | 03h02

Chuva, véspera de feriado e uma grande quantidade de turistas chegando para um evento automobilístico (Formula Indy) foram o suficiente para tumultuar os aeroportos de São Paulo entre quinta-feira e ontem. O de Congonhas, na zona sul da capital, tinha a pior situação: quase metade (44,5%) dos voos atrasou mais de meia hora.

Ainda na quinta à noite, os últimos voos da TAM e da Gol - Congonhas fecha às 23h - foram cancelados ou remanejados para o dia seguinte, por causa da chuva forte. Sem informação e assistência, dezenas de passageiros dormiram no saguão do aeroporto, espalhados pelo chão e pelas cadeiras.

Ontem, ainda com chuva e uma neblina forte sobre a cidade, Congonhas operou por instrumentos o dia todo e os atrasos atingiram quase metade das operações. Às 22h, 106 dos 238 voos programados haviam atrasado e 9 foram cancelados.

Pelo Twitter, passageiros como Silvia Faria (@silviafaria1) reclamavam não apenas dos atrasos, mas de ficar presos no avião sem informações. "Estou dentro de um avião da TAM em Congonhas há 60 minutos", disse. Jackelini Kil ( @jack_kil) reclamou da falta de assistência. "Barraco rolando em Congonhas porque a TAM não quer dar hotel para o povo."

Em nota, a TAM afirmou que "os passageiros impactados foram alocados em outros voos ou acomodados conforme a disponibilidade da rede hoteleira da cidade, sobrecarregada por eventos como a Fórmula Indy e Feira das Noivas". A Gol afirmou que voos que partiriam para Londrina, Bauru, Campo Grande, Florianópolis e Maringá saíram de Cumbica, em Guarulhos. Outros cinco voos que pousariam em Congonhas foram alternados para Cumbica e Viracopos.

Como o Aeroporto de Manaus também fechou por causa do mau tempo, voos para lá também foram cancelados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.