Chico Siqueira/Estadão
Chico Siqueira/Estadão

Em Araçatuba, turistas pescam até tucunaré

Na região, água é usada no abastecimento da população e para o lazer

CHICO SIQUEIRA, ESPECIAL PARA O ESTADO, ARAÇATUBA, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2013 | 02h14

Com as águas limpas, o Tietê é usado para abastecer a população e como fonte de exploração do turismo em Araçatuba. Assim como Salesópolis, onde a Sabesp capta 50 milhões de litros por mês para abastecimento, Araçatuba também usa a água para seus moradores. Desde junho, a cidade passou a fazer captação.

Segundo a concessionária Samar, responsável pelo serviço, 5 milhões de litros são captados por dia para abastecer 50 mil moradores. Estudos para a modernização da rede estão sendo feitos para ampliar a captação para 24 milhões de litros por dia.

A água limpa também serve para fomentar o turismo. Os condomínios de ranchos de veraneio, clubes e hotéis instalados às margens do rio recebem milhares de turistas, do Brasil e do exterior, em busca de lazer. Além da pescaria, os frequentadores aproveitam o rio para esportes aquáticos ou simplesmente para descansar.

Os aposentados Jurandir Moreira de Souza, de 63 anos, Hamilton Camargo, de 61, e Antônio Roberto Silva, de 60, estão entre os visitantes. Todos os anos, os três saem de Mauá, na Grande São Paulo, para pescar em Araçatuba. "Há dez anos pescamos aqui e nunca nos decepcionamos, pois a qualidade da água favorece a pesca", diz Souza. Na sexta-feira, os três pescaram 25 quilos de tucunaré, espécie que foi introduzida no rio.

Energia. O rio também tem suas águas usadas para geração de energia e transporte de cargas. Por ele, transitam por ano cerca de 6 milhões de toneladas de cargas pela hidrovia Tietê-Paraná, que sai de São Simão e vai até Anhembi, em 2,4 mil quilômetros de extensão. No trecho paulista, são 863 km de vias navegáveis pelo Rio Tietê, com dez eclusas, dez barragens, 23 pontes, 19 estaleiros e 30 terminais intermodais de cargas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.