Em agosto, ato reuniu 2,5 mil

Cerca de 2.500 moradores do Morumbi e também de outras áreas da capital se reuniram na frente do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, no dia 28 de agosto, para protestar contra os assaltos na região.

O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2011 | 09h30

O protesto aconteceu nove dias após um morador levar um tiro de fuzil em uma tentativa de assalto. O engenheiro Daniel Marques de Almeida, de 70 anos, foi atingido ao acelerar o carro em uma rua do bairro para fugir de criminosos que já haviam rendido a sua família.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.