Em 5 anos, casos aumentaram 78%

Nos últimos cinco anos, os casos de resistência seguida de morte envolvendo a Rota tiveram aumento de 78%. Foram de 46 mortes, em 2007, para 82 em 2011. Só neste mês, supostos confrontos deixaram 17 mortos na capital. Nos dias 10 e 11, três homens morreram acusados de atirar na tropa. /FABIANO NUNES e CAMILLA HADDAD

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.