Em 2010, houve onda de roubos

Em 2010, uma onda de assaltos a joalheria assustou clientes e lojistas do setor. Foram pelo menos 18 roubos, que continuaram em ritmo menor nos anos seguintes. Em 2011, a Secretaria de Segurança Pública fez mudanças na delegacia encarregada de investigar esse tipo de crime.

O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2013 | 02h03

Foram presos 30 suspeitos, entre eles um receptador que vendia produtos roubados no centro de São Paulo. Lideranças do Primeiro Comando da Capital (PCC) também acabaram sendo investigadas por suspeita de atuar no ramo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.