Em 2 semanas, polícia apreende 20,6 ton de maconha no interior

O levantamento feito pela reportagem considerou apenas volumes de droga com 200 quilos ou mais

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

29 Maio 2016 | 19h05

SOROCABA – Nas duas últimas semanas, as polícias estadual e federal fizeram 15 grandes apreensões de maconha em trânsito pelas rodovias do Estado de São Paulo, média de pelo menos uma por dia. O levantamento feito pela reportagem considerou apenas volumes de droga com 200 quilos ou mais. Somadas, as grandes ações retiraram de circulação 20,6 toneladas do entorpecente. Na maior parte dos casos, a droga era procedente de cidades do Mato Grosso do Sul na fronteira com o Paraguai. A Secretaria da Segurança Pública de São Paulo informou ter assinado no último dia 13 um termo de cooperação com a Polícia Rodoviária Federal para atuação conjunta no combate ao tráfico.

Na ação de maior porte, 9,6 toneladas de maconha apreendidas na rodovia Raposo Tavares, em Piraju. A droga estava escondida sob uma carga de soja a granel e o motorista, preso na ocasião, contou que havia carregado o entorpecente em Campo Grande (MS). Na madrugada de sábado (28), policiais apreenderam 740 quilos de maconha escondidos no fundo falso de um caminhão, na rodovia Nemésio Cadetti (SP-333), próximo de Taquaritinga. O veículo procedida de Guaíra (PR), divisa com o Paraguai. No dia anterior, foi apreendida 1,1 tonelada na rodovia Assis Chateaubrinad, em Narandiba, em um veículo procedente de Ponta Porã (MS), também na fronteira paraguaia. 

Em seis apreensões, a quantidade de maconha superava uma tonelada. Num dos casos, em Ibiúna, o entorpecente estava no espaço reservado ao transporte de doentes, numa ambulância. Em outro, de 1,5 tonelada, a apreensão foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na rodovia Régis Bittencourt, em Barra do Turvo. Quantidades menores – 22 e 80 kg, respectivamente - foram apreendidas em bagagens de passageiros que viajavam de ônibus. 

Policiais ouvidos pela reportagem atribuíram o aumento no tráfico à falta de policiamento na fronteira seca do Brasil com Paraguai e Bolívia. Numa das apreensões, em Ourinhos, quatro paraguaios foram presos com 250 kg de maconha. Houve grandes apreensões também em Mato Grosso do Sul de maconha que possivelmente seria distribuída em São Paulo. No dia 24, a PRF interceptou 4,2 toneladas em Mundo Novo, sul do Estado e, no dia seguinte, 12 toneladas numa rodovia federal próximo a Campo Grande.

Cooperação. A Secretaria da Segurança paulista informou ter assinado no último dia um termo de cooperação com a 6a. Superintendência Regional da Polícia Rodoviária Federal para intercâmbio de dados e informações visando ao combate conjunto o tráfico de drogas. De acordo com a pasta, de janeiro a abril deste ano foram registrados 15.555 flagrantes de tráfico de entorpecentes no Estado, 6,01% a mais que no mesmo período de 2015. Segundo a SSP, as polícias Civil e Militar trabalham em conjunto para combater esse tipo de crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.