Hélio Torchi
Hélio Torchi

Egípcio é detido na zona norte acusado de matar motorista

Ali Gouda Ali Mohamed, de 24 anos, teria matado Adriano Lopes da Fonseca, de 65, quando ele foi buscá-lo no Aeroporto de Congonhas

Luciano Bottini Filho - O Estado de S. Paulo,

17 Junho 2013 | 08h42

SÃO PAULO - O egípcio Ali Gouda Ali Mohamed, de 24 anos, foi preso na região de Tucuruvi, na zona norte de São Paulo, na noite de domingo, 16, em um carro Meriva Joy Branca, que pertence ao motorista particular Adriano Lopes da Fonseca, de 65 anos, desaparecido desde o dia 21 de maio. Para a polícia, o egípcio matou Fonseca, quando ele foi buscá-lo no Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo.

No domingo, a Polícia Militar abordou o suspeito depois de notar que o veículo tinha placas falsas e taxímetro. Ali Mohamed teria transformado o automóvel em um táxi. O corpo de Fonseca teria sido escondido em um matagal em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, de acordo com policiais.

A prisão temporária do suspeito já foi pedida pela polícia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.