Educafro vai ao MP por falta de modelos negros

A ONG Educafro vai entrar hoje com representação no Ministério Público (MP) contra a organização da São Paulo Fashion Week. A ONG pede multa alegando que grifes não tinham modelos negros, contrariando acordo com o MP que previa 10%. A organização diz que o acordo valia até janeiro, que apoia a inclusão e que as grifes contratam os modelos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.