Estadão
Estadão

Edinho, filho de Pelé, é solto por determinação do STJ

Ele deixou a cadeia do 5º Distrito Policial de Santos, no bairro do Bom Retiro, no final da tarde desta quinta

Luiz Alexandre Souza Ventura, Especial para O Estado

02 de março de 2017 | 18h54

SANTOS - Ex-goleiro do Santos e filho de Pelé, Edson Cholbi do Nascimento, de 46 anos, que estava preso desde a última sexta-feira, 24, foi solto nesta quinta-feira, 2. Edinho deixou a cadeia do 5º Distrito Policial de Santos, no bairro do Bom Retiro, na zona noroeste da cidade, no final desta tarde.

Na quarta, 1º, o ministro Antonio Saldanha Palheiro, da Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu habeas corpus ao ex-jogador. Edinho também é ex-treinador do Tricordiano, time da terra natal de seu pai, Três Corações, no interior de Minas Gerais.

O caso. Edinho foi preso em junho de 2005, durante a Operação Indra, do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), com mais 17 pessoas, acusado de ligação com uma organização de tráfico de drogas que atuava na Baixada Santista sob o comando de Ronaldo Duarte Barsotti de Freitas, o Nadinho, que está desaparecido.

Após seis meses em prisão provisória, Edinho foi solto com liminar em habeas corpus concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.