'É um absurdo isso ocorrer em área restrita'

"No início de fevereiro, cheguei ao Aeroporto de Cumbica, vinda de Orlando com conexão em Miami, pelo voo AA 907 da American Airlines. Já na esteira percebi que minhas duas malas haviam sido extraviadas. Fui até o balcão de atendimento da empresa. Havia uma fila com dezenas de pessoas que também tinham tido as malas extraviadas.

O Estado de S.Paulo

06 Abril 2012 | 03h06

Eu estava com uma mochila com meu equipamento fotográfico e um laptop. Como estava muito pesada, deixei em um carrinho ao lado. Quando terminei de preencher o formulário de reclamação, percebi que minha mochila também havia sido levada. Aí fiquei em pânico, pois o valor do equipamento é de R$ 25 mil. Entrei em contato com um agente da Polícia Federal, que encontrou minha mochila dentro de um banheiro masculino. Mas todo o equipamento havia sido furtado.

Dois dias depois, recebi as bagagens. Se elas estivessem na esteira, nada disso teria ocorrido. Vou processar a Infraero, por perdas materiais, e a American, por danos morais. É um absurdo ocorrer um furto em uma área restrita, antes mesmo da imigração."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.