Durante caos, Lula telefona

Ex-presidente ligou para o governador para ter notícias sobre tragédia e planeja reunião no Rio

Marcelo Auler e Bruno Boghossian, O Estado de S.Paulo

21 Janeiro 2011 | 00h00

Embora tenha deixado o cargo há três semanas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem telefonando para o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), para ter notícias sobre a tragédia na serra fluminense e se solidarizar.

Ontem, Cabral recebeu uma ligação do ex-presidente no momento em que desembarcava de um helicóptero em Teresópolis, para uma reunião com o prefeito, Jorge Mario (PT), e o vice-governador, Luiz Fernando Pezão.

Cabral atendeu reservadamente Lula, a quem tratou de "meu presidente" e agradeceu "o carinho e o respeito com a nossa situação". Ele disse também que os governos estão "usufruindo do legado" de "parceria e união" da gestão Lula, resultante na "pronta resposta dos três níveis de governo".

Após falar com Lula, Cabral passou o celular para Pezão, que conversou com o ex-presidente por alguns minutos. O vice-governador explicou que ele queria notícias sobre os estragos e demonstrou interesse em ir ao Rio para conversar com Cabral sobre o assunto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.