Duplicação da rodovia Bunjiro Nakao obtém licença ambiental

O projeto prevê a construção de segunda pista e melhoria da atual entre o km 45,2 e o km 69,6, beneficiando cerca de 316 mil habitantes

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

31 Maio 2017 | 16h41

SOROCABA - A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) concedeu licença prévia para as obras de duplicação da rodovia Bunjiro Nakao (SP-250), entre Vargem Grande Paulista, na região metropolitana, e Ibiúna, no interior de São Paulo. Com o aval do órgão ambiental, publicado nesta quarta-feira, 31, no Diário Oficial do Estado, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) pode abrir o processo de licitação das obras.

O trecho a ser duplicado, com cerca de 24 quilômetros, facilitará o escoamento da produção de hortigranjeiros de Ibiúna, Piedade e Pilar do Sul que abastece a capital. A minuta do edital está sob análise do Banco Mundial, via Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) e Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (Miga), que garantirá recursos para as obras, orçadas em R$ 234,6 milhões. O Estado aguarda a análise do banco para publicar o edital de licitação, o que pode acontecer ainda neste semestre. 

O projeto prevê a construção de segunda pista e melhoria da atual entre o km 45,2 e o km 69,6, beneficiando cerca de 316 mil habitantes. Em função da extensão dos serviços, o DER dividirá as obras em três lotes. Além da duplicação, serão construídos um viaduto, três pontes e vários dispositivos de acesso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.