Dupla suspeita por fazer falsa blitz é presa em SP

Detidos podem ser integrantes de uma quadrilha que realiza falsos bloqueios policiais para realizar assaltos

Ricardo Valota, do estadão.com.br

21 de outubro de 2010 | 04h58

SÃO PAULO - O gráfico Fábio Cabral Galera, de 28 anos, e o barman Bertoldo Carneiro da Silva, de 29, suspeitos de integrar uma quadrilha que simula blitze policiais para realizar assaltos, foram detidos na última terça-feira, 19, na Rua Pascoal Fernandes, Vila Santa Edwiges, no limite entre Osasco e a capital paulista, por agentes da Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos (DRRB) do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic).

Segundo a polícia, a dupla, ao lado dos demais membros do grupo - fortemente armado e com camisetas da Polícia Civil - utilizou um Toyota Corolla preto equipado com sirene, Giroflex e luzes intermitentes para simular uma viatura policial descaracterizada, iniciar uma falsa blitz e atacar vigilantes de uma empresa de transporte de valores que acompanhavam a manutenção de um caixa eletrônico num posto de combustível na Avenida Edgar Facó, na Freguesia do Ó, zona norte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.