Alberto Maraux / Secretaria de Segurança Pública da Bahia
Alberto Maraux / Secretaria de Segurança Pública da Bahia

Dupla suspeita de liderar quadrilha na Bahia é presa no Morumbi

Segundo as autoridades, os homens eram foragidos da Justiça e ostentava vida de luxo na capital paulista; outras onze pessoas foram detidas em megaoperação pelo País

Paulo Roberto Netto, O Estado de S.Paulo

28 Abril 2018 | 01h51

SÃO PAULO – Dois homens suspeitos de liderar uma quadrilha na Bahia foram presos nesta sexta-feira, 27, no Morumbi, zona sul de São Paulo, durante megaoperação da Polícia Civil em três Estados. Segundo as autoridades, a dupla ostentava vida de luxo na capital paulista.

De acordo com a Polícia Civil, Edson Silva de Santana, conhecido como “Jegue”, e Cléber Santos da Silva, o “Kel”, fugiram do sistema prisional em 2012 e eram considerados foragidos da Justiça. Cléber utilizava documentos de identidade falsos e estava de casamento marcado para o próximo dia 5 de maio, segundo convite da cerimônia encontrados no local.

Os dois homens eram responsáveis pela distribuição de drogas e armas para comparsas que agiam em Salvador e região metropolitana, e algumas áreas do interior da Bahia, informam as autoridades. “Há um ano estávamos monitorando esta organização criminosa e, com êxito, conseguimos prender os líderes”, disse a delegada Andrea Ribeiro, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), responsável pela operação.

+ Avião abatido pela FAB transportava 500 kg de pasta base de cocaína

Um terceiro integrante, que está preso, foi autuado dentro do presídio por participação na quadrilha.

A dupla, segundo os policiais, ostentava vida de luxo em São Paulo, com veículos de primeira linha, incluindo uma motocicleta BMW. Os dois homens foram detidos e encaminhados a Salvador no início da manhã para se apresentar à Coordenação de Operações Especiais (COE).

+ PF dá Cartão Vermelho para o tráfico e prende 11 em Ribeirão Preto

Cangalha

A prisão dos dois homens foi resultado da megaoperação Cangalha, deflagrada pela Polícia Civil da Bahia e Superintendência de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo. 

Além da capital paulista, os policiais cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão nas cidades baianas de Salvador, Simões Filho e São Sebastião do Passé, e na capital de Sergipe, Aracaju.

+ Polícia apreende 3,2 toneladas de maconha em caminhão-betoneira em rodovia no interior de SP

Na Bahia, onze pessoas foram detidas – quatro já se encontravam no sistema prisional do Estado. Em Aracaju, um homem foi preso em flagrante com drogas e documentos falsos durante mandado de busca e apreensão.

A polícia também apreendeu uma submetralhadora calibre 9mm, uma pistola calibre 9mm, documentos falsos, celulares, munições e quatro veículos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.