Dupla presa com fuzis após quadrilha atacar caixa eletrônico em Jundiaí

Bandidos trocaram tiros com policiais militares; um bandido escapou

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

06 de julho de 2010 | 06h28

SÃO PAULO - Uma tentativa de furto de um caixa eletrônico de uma agência do Banco Real, na madrugada desta terça-feira, 6, em Jundiaí, interior paulista, terminou com um saldo de três bandidos presos - dois deles baleados -, um agente penitenciário de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, também baleado e dois fuzis apreendidos.

Ao passar de carro em frente à agência, na Rua Itirapina, no bairro de Vila Hortolândia, o agente percebeu a ação dos bandidos e ligou para a Polícia Militar enquanto dava uma volta no quarteirão. Sem saber que fora visto pelos criminosos, o agente acabou surpreendido por parte da quadrilha que ocupava um Fiat Palio Weekend prata.

Houve troca de tiros. Baleado na perna, o agente foi socorrido por policiais militares do 11º Batalhão do Interior (BPM/I), que, minutos depois, cruzaram com o carro. Pela Avenida União dos Ferroviários, no bairro Agapeama, próximo à linha ferroviária, depois de uma fuga de pelo menos 6 quilômetros, a quadrilha abandonou o carro e correu para um matagal.

Três bandidos foram presos, sendo que dois deles feridos na troca de tiros com a PM. Com o trio, os policiais apreenderam dois fuzis, munição e um maçarico. Os demais criminosos conseguiram escapar. O caso será registrado na Delegacia de Polícia Participativa (DPP) de Jundiaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.