Dupla é presa após invadir casa e fazer quatro mulheres reféns no Ipiranga

Bandidos aproveitaram a chegada de um veículo e apertaram a campanhia da residência

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

16 de agosto de 2012 | 06h25

SÃO PAULO - Dois bandidos foram presos, na noite de quarta-feira, 15, após invadirem uma residência e manterem quatro mulheres reféns na região do Ipiranga, zona sul de São Paulo.

 

Armados, dois ladrões, sendo um menor, de 17 anos, invadiram, a nº 322 da Rua Santa Aurélia, na Vila Dom Pedro I. Uma amiga da moradora estacionou o carro com os faróis acesos, e os desconhecidos bateram na porta, fingindo que queriam ajudar. Quando a mulher saiu, eles a dominaram e invadiram o imóvel, onde renderam as outras três mulheres que estavam no local.

 

Enquanto a dupla recolhia pertences pessoais das reféns e outros objetos de valor, os policiais militares, que haviam sido acionados por uma testemunha, chegaram. Os assaltantes tentaram fugir por imóveis vizinhos, mas acabaram se entregando. Com eles, foi apreendido um revólver.

 

Antes de invadir a residência, eles tentaram assaltar um analista de sistemas, que esperava pela namorada, mas ele conseguiu acelerar o carro e fugir. Francisco Welson dos Santos Moura, de 22 anos, foi autuado no Distrito Policial da Vila Clementino; o comparsa dele será levado para a Fundação Casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.