Dupla da Rocinha é presa em SP com cartões clonados

Criminosos compravam ingressos em uma casa de shows da capital paulista

Ricardo Valota e Bruno Lupion, do estadão.com.br

18 de agosto de 2010 | 03h40

 

SÃO PAULO - Dois criminosos, moradores da Favela da Rocinha, a principal favela do Rio de Janeiro, foram detidos, no final da noite desta terça-feira, 17, quando compravam 100 ingressos, no valor de R$ 20 mil, em uma casa de shows na Rua Funchal, na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo.

Segundo policiais da Delegacia de Repressão a Estelionato do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), Aquiles Rodrigues de Souza, de 18 anos, e Francisco Luis Pereira Souza, 23, usando cartões de crédito clonados, compravam ingressos e produtos para espetáculos de grande porte e os revendiam pela metade do preço para cambistas.

Os cartões, segundo o delegado Márcio Tossati, do Deic, eram clonados com informações obtidas pela quadrilha junto a instituições financeiras.

"O funcionário de um posto de gasolina em Jacarepaguá, no Rio, capturava as informações e senhas; e depois fornecia aos dois", acrescentou o delegado. Um terceiro bandido conseguiu fugir ao perceber a aproximação dos policiais. Um Fiat Palio Weekend foi apreendido no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.