Duas razões para prestar atenção no Plano

1. O Plano de Metas deve ser um reflexo do plano de governo aprovado nas urnas. É a segunda vez que um prefeito de São Paulo é obrigado a informar o que pretende fazer durante os quatro anos de seu governo. O programa é uma exigência legal, criada em 2008 por meio de uma emenda à Lei Orgânica do Município.

O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2013 | 02h10

2. Estreante na função, o ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) apresentou 223 metas em 2009. No fim do ano passado, admitiu ter cumprido apenas 55,1%. Ao ser indagado já no ano anterior sobre o andamento da Agenda 2012, costumava destacar que meta "não é compromisso".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.