Duas pessoas são mortas a tiros na Rua 25 de Março, em SP

Testemunha diz que crime foi motivado pela disputa de pontos de tráfico; disparos causaram tumulto em feira

Ricardo Valota e Daniela do Canto, da Central de Notícias,

28 de outubro de 2009 | 03h02

Dois homens foram mortos a tiros na noite desta terça-feira, 27, na Rua 25 de Março, em frente ao Terminal Mercado, no centro de São Paulo.

 

Conforme uma testemunha que afirmou conhecer as duas vítimas, o crime teria sido motivado pela disputa de pontos de tráfico. A testemunha, um ajudante geral de 22 anos que preferiu não se identificar, estava no local no momento do crime, mas conseguiu escapar.

 

De acordo com o ajudante geral, dois homens com duas armas cada um chegaram ao local pouco depois das 23 horas e se identificaram como policiais. Eles usavam bonés, agasalho azul, calça jeans e tênis. Os criminosos mandaram que as vítimas deitassem no chão. Em seguida, atiraram. "Também me mandaram deitar, mas eu saí correndo", contou o jovem. Os dois baleados, que morreram no local, estavam sem documentos.

 

Os tiros causaram tumulto. Vários feirantes que estavam na praça correram e deixaram as verduras, legumes e temperos abandonados no local. As duas câmeras de segurança das imediações estavam desligadas no momento dos tiros. Os atiradores conseguiram fugir a pé. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial (Liberdade) e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Tudo o que sabemos sobre:
assassinatos25 de Março

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.