Duas pessoas são agredidas em boate no litoral paulista

Durante confusão na boate Sirena, tiros foram disparados para o alto por um policial a paisana

Simone Menocchi, Agência Estado

28 de julho de 2008 | 19h35

Duas pessoas foram agredidas em uma briga na madrugada de domingo na boate Sirena, na praia de Maresias, em São Sebastião, Litoral Norte Paulista. Durante a confusão tiros teriam sido disparados para o alto por um policial a paisana, que trabalhava como segurança no local. A ocorrência foi registrada no 2º Distrito Policial de São Sebastião por onde seguem as investigações. De acordo com o delegado Jairo Luiz Pinto Pontes, o fato foi registrado como lesão corporal pelos turistas Marcos Gonçalves Oliveira, de 31 anos, morador de São Paulo e por Adriano Ferreira Maciel, de 30 anos, também da capital paulista.  Eles contaram à policia que a confusão começou quando, já no final da madrugada, foram pagar a conta no caixa da boate. Disseram que não concordavam com o valor cobrado pela casa e pediram que fosse refeita a conta. As pessoas da fila começaram a reclamar da demora e a confusão se instalou. Os turistas foram agredidos com socos e pontapés pelos freqüentadores e também pelo policial a paisana que deu os tiros para o alto, segundo relato à polícia.  "A história que eles contaram foi essa, mas também achamos meio confusa. Não conseguiram identificar quem era o policial, o que estamos investigando", afirmou o delegado.  Na tarde de segunda-feira policiais estiveram na boate para avaliar a situação do local, mas o estabelecimento estava fechado. "Temos que esperar o final de semana para ouvir os funcionários e saber realmente o que houve". Apesar das vitimas relatarem sobre os tiros, ninguém ficou ferido.Em atividade há 15 anos a boate Sirena, na praia de Maresias, se transformou em ponto de encontro de paulistanos no Litoral Norte não somente durante o verão, mas também nas férias de julho. A casa tem capacidade para cerca de 1.200 pessoas e costuma receber um público de classe alta, além de celebridades do mundo artístico como modelos e atores de novelas.  A direção da boate Sirena foi procurada na tarde de desta segunda-feira, 28, mas não foi localizada para comentar o assunto.

Tudo o que sabemos sobre:
maresiassão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.