DUAS PERGUNTAS PARA... Jilmar Tatto, secretário municipal dos Transportes

1. Por que a escolha da região central da cidade para essa ação de proibir carros? Por causa do grande fluxo de pedestres e também porque o transporte público é de boa qualidade na região central. E vai melhorar ainda mais, porque agora nós vamos criar a faixa exclusiva no entorno do centro. E podemos até mesmo criar uma linha circular.

O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2013 | 02h04

2. A desoneração do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), por parte do governo federal, não atrapalha o trânsito, levando mais carros para as ruas? A base da indústria brasileira está muito vinculada à questão automobilística. É um produto importante para o PIB do País. Mas os governos federal, estadual e municipal precisam investir no transporte público. No seu dia a dia, o usuário do carro vai usar o transporte público, como acontece nos países da Europa. A presidente Dilma Rousseff já anunciou R$ 3 bilhões para a mobilidade em São Paulo neste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.