Duas meninas são molestadas em quarto de hospital

Duas crianças internadas no Hospital da Criança Conceição, em Porto Alegre, sofreram abusos sexuais do funcionário de uma empresa terceirizada responsável pela limpeza, na madrugada de ontem. O agressor, que tem antecedentes criminais por furto e roubo, foi preso.

O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2012 | 03h04

O acusado teria se aproveitado da ausência da mãe de uma das crianças para tocar partes íntimas das meninas de 6 e 11 anos. Havia outra criança no quarto, acompanhada de um parente, que não foi molestada. Quando voltou, a mãe soube da agressão pela filha. Funcionários do hospital acionaram a Polícia Civil, que prendeu o funcionário da limpeza à 1h20.

Em nota, o Grupo Hospitalar Conceição, instituição federal à qual o Hospital Criança Conceição é vinculado, disse que está prestando atendimento psicológico às vítimas e a seus parentes. Também destacou que o serviço social rastreia possíveis situações semelhantes porque o suspeito trabalhava havia 20 dias na empresa terceirizada. O caso passou a ser acompanhado pelo Comitê de Direitos da Criança e do Adolescente do hospital. / ELDER OGLIARI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.