Duas crianças morrem atropeladas por ônibus em Guarulhos

Motorista não consegue desviar após os garotos invadirem a pista com bicicletas

RICARDO VALOTA , Estadão.com.br

25 Janeiro 2011 | 03h04

SÃO PAULO - Duas crianças, de 6 e 8 anos, foram atropeladas e mortas por um ônibus, às 21h30 de segunda-feira, 24, quando andavam de bicicleta na Rua Joaquina de Jesus, no bairro Taboão em Guarulhos, na Grande São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, o motorista, da empresa Vila Galvão, apesar de não estar em alta velocidade, não conseguiu desviar das crianças, que invadiram a faixa de rolamento. As crianças morreram no local. No final da noite, os corpos já haviam chegado ao IML da cidade.

Revoltados, moradores da região e passageiros depredaram o ônibus que se envolveu no acidente e jogaram pedras em pelo menos outros 10, de várias empresas, que passaram em frente ao local do atropelamento. Cabines de fiscais instaladas em pontos de ônibus na região também foram alvo da população enfurecida.

Com a chegada de policiais militares da 3ª Companhia do 15º Batalhão, os ânimos se acalmaram aos poucos e os atos de vandalismo cessaram. Parentes das crianças afirmaram que elas sempre andavam de bicicleta naquela rua e que a via era tranquila até a instalação de uma garagem de ônibus no local.

O motorista foi encaminhado ao 7º Distrito Policial, do Bonsucesso, onde o delegado registrou boletim de ocorrência de acidente de trânsito com morte. Dependendo do andamento do inquérito e dos trabalhos da perícia, o autor do atropelamento poderá responder por homicídio culposo - quando não há intenção de matar.

Mais conteúdo sobre:
São Paulotrânsitoacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.