DSV cancela 2.423 multas aplicadas na Marginal do Tietê

Segundo o MP, o Departamento reconheceu que falhas de sinalização decorrentes das obras justificam a anulação das infrações

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

14 Setembro 2010 | 11h52

SÃO PAULO - O Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV) da Capital paulista vai cancelar 2.423 multas de trânsito aplicadas pelos agentes do órgão entre 24 de março e 16 de julho deste ano na Marginal do Tietê. A confirmação foi feita pelo Ministério Público do Estado nesta terça-feira, 14.

 

Do total de 2.423 multas anuladas, 1.032 referem-se à autuação de veículos que trafegaram sobre as demarcações que dividem as pistas e 534 foram aplicadas porque os motoristas não obedeceram às faixas nas quais deveriam trafegar, e as demais, por infrações variadas.

 

Segundo o MP, o DSV reconheceu que as multas não poderiam ter sido aplicadas em razão de falhas na sinalização na via decorrentes das obras de ampliação da Marginal, conforme apontou a Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo.

 

Outras 660 multas foram mantidas após a recomendação do MP. Todas as multas aplicadas por meio dos radares eletrônicos foram mantidas. No relatório enviado à Promotoria, o DSV sustenta que não havia falhas de sinalização onde os equipamentos eletrônicos estão instalados.

 

A relação das multas que serão canceladas foi apresentada na noite dessa terça-feira pelo diretor do DSV, Valter de Oliveira, à promotora de Justiça Maria Amélia Nardy Pereira, autora da recomendação ao órgão.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.