'Dos pequenos conflitos para algo maior é um pulo'

Pelo menos dois conflitos ocorreram nos últimos dias envolvendo moradores do entorno da Praça Roosevelt, frequentadores do local e a Guarda Civil Metropolitana (GCM). Na quinta-feira, na abertura do Festival Satyrianas, vizinhos jogaram ovos e sacos com água no público que assistia a uma apresentação.

O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2012 | 02h06

Na madrugada de domingo, um skatista foi apreendido pela GCM após atingir um guarda com o skate e discutir. Revoltados, colegas dele cercaram viaturas da GCM aos gritos de: "Abaixo a repressão".

Para a psicóloga e moradora da região Martina Rillo Otero, o clima entre vizinhos e frequentadores da praça vem esquentando. "Pequenos conflitos já estão acontecendo. Daí para ocorrer algo maior é um pulo." Para o presidente da Ação Local, Jader Nicolau Júnior, conflitos são resultado da má utilização da praça. / J.D

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.