Donos de mercados dizem para cliente checar validade

O vice-presidente da Associação Paulista de Supermercados (Apas) e diretor da Área de Segurança Alimentar da entidade, Marcio Milan, informa que os estabelecimentos estão atentos aos problemas que envolvem alimentos. Ele conta que todos os dias, antes da abertura das lojas, funcionários inspecionam os produtos nas gôndolas para garantir que os clientes levem para casa produtos com qualidade.

O Estado de S.Paulo

01 de junho de 2012 | 03h18

Ele diz que produtos impróprios são inutilizados. O mesmo procedimento é repetido com comidas manipuladas e feitas no próprio estabelecimento, como pães, bolos e sopas. "Os mercados têm nutricionistas que supervisionam o preparo", diz, para tranquilizar os clientes.

As carnes estão entre os itens que merecem atenção especial do consumidor, em especial quando mantidas em bandejas de isopor, alerta Milan.

De acordo com o diretor da Apas, apenas um terço dos clientes paulistanos tem o hábito de checar as etiquetas de validade dos produtos antes de passar pelo caixa. "No ano passado, criamos uma campanha (para estimular esse comportamento)", disse. Segundo Milan, quem flagrar produto vencido pode procurar o gerente para trocá-lo.

A Apas deu início à campanha De Olho na Validade em outubro. A iniciativa tem o apoio da Fundação Procon-SP. /C.H.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.