Dono de posto é preso após tentar subornar policiais em SP

Policiais acham gasolina adulterada em posto de gasolina e dono oferece R$ 2,2 mil, segundo a Rádio CBN

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

21 de agosto de 2007 | 10h33

O comerciante Ronaldo Miguel Moreira, de 41 anos, foi preso na madrugada desta terça-feira, 21, no Jardim Ângela, na zona sul da capital, por comércio de combustível adulterado e tentativa de suborno, segundo informações da Rádio CBN. Ronaldo ofereceu R$ 2,2 mil a policiais que encontraram no posto dele um caminhão descarregando gasolina adulterada. A nota fiscal do combustível indicava que o caminhão tinha diesel. O posto, de bandeira Hudson, foi lacrado.

Tudo o que sabemos sobre:
gasolina adulterada

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.