Dono de padaria reage a assalto e morre em Osasco

Dupla invadiu local e comerciante tentou dominar um dos ladrões; ferido na cabeça, ele morreu no hospital

Ricardo Valota e Paulo Maciel, estadão.com.br

31 Março 2009 | 02h56

O comerciante Jesus Guido da Silveira, 51 anos, foi morto a tiros, por volta das 20 horas de segunda-feira, 30, ao tentar dominar um dos dois bandidos que assaltavam sua padaria, a Panificadora Guiana Ltda, na Vila Airosa, em Osasco, na Grande São Paulo.

 

Armada, a dupla invadiu o estabelecimento, anunciou o assalto e foi diretamente ao caixa, de onde começou a recolher o dinheiro dos caixa. O irmão de Jesus também estava na padaria, foi o primeiro a perceber o assalto e ainda pediu que o comerciante tomasse cuidado e não reagisse, mas a vítima tentou dominar o único criminoso aparentemente armado.

 

O outro assaltante, também armado, sacou a arma e atirou contra a cabeça de Jesus, que morreu quando era atendido no pronto-socorro do bairro, localizado a menos de 500 metros da padaria. A dupla fugiu numa moto. A Polícia Civil não soube informar quanto foi levado do caixa. O latrocínio - roubo seguido de morte - foi registrado no 10º Distrito Policial da cidade.

Mais conteúdo sobre:
Osascolatrocínioassalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.