Dono de mercado morre ao reagir a assalto em Diadema

Trio responsável pelo crime segue foragido; mulher foi detida com sacola contendo a arma da vítima

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

21 Janeiro 2009 | 06h49

O comerciante Lázaro Eugênio Rosseto, de 65 anos, morreu, no inicio da noite de terça-feira, 20, ao armar-se com um revólver e reagir a um assalto ao seu mercado, no bairro do Taboão, em Diadema, no Grande ABC.   O trio responsável pelo crime segue foragido. A polícia procura por Paulo César Silva, morador do Jardim Santa Rita, que deixou com a vizinha uma sacola contendo roupas manchadas de sangue e a arma de Eugênio.   Segundo a polícia, Andrea Siqueira Santos, 37, flagrada com a sacola, foi encaminhada à Cadeia Pública Feminina de São Bernardo do Campo. O caso foi registrado no 03º Distrito Policial de Diadema.

Mais conteúdo sobre:
Diadema assassinato assalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.