Dono de mercado morre ao reagir a assalto em Diadema

Um dos assaltantes também foi ferido e morreu e comparsa conseguiu fugir; câmeras gravaram ação

Ricardo Valota, do estadao.com.br; e Daniela do Canto, do Jornal da Tarde,

18 de novembro de 2008 | 05h52

Um assalto a um mercado terminou, na noite de segunda-feira, 17, com um saldo de dois mortos, um dos assaltantes e o proprietário do estabelecimento comercial, no Parque das Nações, em Diadema, no Grande ABC. O caso foi registrado no 03º Distrito Policial. Ferido ao enfrentar um dos ladrões, o comerciante João Batista Bezerra da Silva, 37 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Pelo menos dois homens participaram do assalto ao mercado Mini-Tudo, localizado na avenida das Nações. A dupla chegou ao estabelecimento por volta das 19h30 e passando-se por clientes, esperaram pelo melhor momento para sacar as armas e atacar. A proprietária do estabelecimento conseguiu correr e se esconder, mas João Batista, o marido dela, foi dominado em um corredor, no setor de estoque. Silva decidiu reagir, entrando em luta corporal com um dos assaltantes. Durante a briga, tanto o ladrão quanto seu comparsa dispararam várias vezes, mas o comerciante também estava armado e revidou. A confusão foi gravada pelas câmeras de segurança do mercado. Nas imagens, é possível ver a vítima e o ladrão lutando, enquanto o outro criminoso vem em socorro do colega por duas vezes antes de fugir. O comerciante foi levado para o pronto-socorro Quarteirão da Saúde, onde acabou morrendo. Já o assaltante Bruno de Jesus Ribeiro, 20, morreu quando era atendido no Hospital Público de Diadema. No local, foi apreendida uma pistola calibre 380, preta, que, nas imagens das câmeras de segurança, aparece com o comerciante, que não tinha porte de armas. Já a arma cromada utilizada pelo bandido não foi localizada. A polícia não descarta a participação de um terceiro homem no crime; até o momento, ninguém foi preso. O comerciante João Batista Bezerra da Silva deixou três filhos: uma menina de 7 anos, e um casal de gêmeos de 16 anos, de seu primeiro casamento.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltoDiademamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.