Dono da Toalhas São Carlos é achado morto

O empresário Eduardo Abdelnur, de 46 anos, um dos donos da Toalhas São Carlos, foi encontrado morto ontem com um tiro no peito em sua empresa, em São Carlos, a 230 km de São Paulo. A família disse que foi suicídio, mas a polícia não descarta a hipótese de homicídio. Um irmão disse à polícia que ficou em choque ao encontrar Abdelnur morto e mandou jogar a arma em um tanque de produtos químicos da fábrica, antes de avisar a polícia. Ele estaria deprimido por causa da má situação da empresa.

, O Estado de S.Paulo

15 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.