Domingos de Morais é campeã de furtos e roubos

Mapa da criminalidade na Vila Mariana mostra que Rua Vergueiro ocupa segundo lugar no ranking; dados são do 1º trimestre do ano

Luísa Alcalde, do Jornal da Tarde, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2011 | 00h00

O mapa do crime da Vila Mariana, na zona sul, aponta que 38 áreas registraram mais furtos e roubos no primeiro trimestre deste ano. De janeiro a março, foram 711 furtos (subtração de objeto sem emprego de violência) e 289 roubos (com ameaça ou violência). Foram levados celulares, carteiras, documentos, bolsas, além de objetos pessoais como laptops e GPSs.

 

Veja também:

especialGeografia do crime: os números da violência no 1º trimestre

 

Os ataques aconteceram principalmente nas proximidades de estações do metrô, como Brigadeiro, Paraíso, Vila Mariana e Ana Rosa, onde bandidos costumam se infiltrar entre moradores de rua para praticar pequenos assaltos, segundo a Polícia Militar.

Outra parte aconteceu quando motoristas estavam parados no trânsito. Também foram registrados ataques a residências e estabelecimentos comerciais. Estão fora dessa conta os furtos e roubos de veículos, de bancos e de cargas.

Com base em dados do Infocrim (Sistema de Informações Criminais), a reportagem levantou que os oito pontos de maior incidência de crimes estão distribuídos entre as Ruas Domingos de Morais, Sena Madureira e Vergueiro e Avenidas Paulista - já quase na divisa com a Bela Vista -, República do Líbano, Brigadeiro Luís Antônio - ao lado do Parque do Ibirapuera -, 23 de Maio e proximidades do Complexo Viário João Jorge Saad, o Cebolinha. Crimes ocorridos dentro do parque ficaram de fora.

Ocorrências. Os roubos foram praticados na grande maioria (53%) em noite de quarta-feira. Já os furtos, principalmente do fim de tarde para a noite de quinta-feira.

A Rua Domingos de Morais figura como a campeã de ocorrências de furtos no período entre as dez ruas ou avenidas com maior incidência, com 32 registros desse tipo de delito. Em segundo lugar, aparece a Rua Vergueiro, com 27 furtos, seguida pela Avenida Pedro Álvares Cabral, em terceiro, com 13. Somadas, as três vias representam quase 30% de todas as ocorrências do tipo no período.

A Domingos de Morais também figura como a número um no ranking de roubos no bairro, com 29 ocorrências. A Vergueiro repete a segunda colocação também nesse quesito, com 25 boletins de ocorrência, seguida da Avenida 23 de Maio, na terceira colocação, com 16 queixas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.