Capítulo 13

Domingo é dia de final

Conheça como funcionam os passeios turísticos organizados por São Paulo, Santos, Palmeiras e Corinthians

Daniel Fernandes, São Paulo

10 de abril de 2019 | 17h59

E aí pessoal, tudo bem? 

Eu já comentei aqui sobre passeios que envolvem futebol. Naquela oportunidade, como vocês conferem aqui, a ideia era falar sobre algumas ideias sem ter de necessariamente ir ao estádio. Agora, é diferente. Domingo tem final, então, a sugestão de hoje envolve os times finalistas e seus estádios e, por que não? , as equipes que ficaram pelo caminho.

Vamos começar pelo Corinthians? Aliás, você sabia que o time volta a decidir um Campeonato Paulista contra o São Paulo após 16 anos? Pois é, você encontra mais detalhes nesta matéria elaborada pelo pessoal de Esportes. O tour pela arena do Corinthians, ou Casa do Povo, como o clube define, permite, segundo o site oficial alvinegro, conhecer áreas exclusivas e entender o conceito da arena. Durante a semana, custa R$ 20. No fim de semana, é mais caro: R$ 60.

Uma matéria escrita pelo competente repórter Gonçalo Junior, inclusive, já mostrava a possibilidade dos clubes lucrarem com esses passeios ainda em 2015. Vale a pena ler para entender um pouco como funciona o serviço e de que maneira isso acontece na Europa.

E por falar em Europa, o novo estádio do Palmeiras chama atenção até de quem não é torcedor do clube. O passeio, no caso, leva o nome do patrocinador da arena, e tem roteiros para crianças, grupos especiais e corporativos e até outras experiências: o Dia de Craque é uma delas e permite ao interessado jogar futebol no estádio.

Já o Morumbi Tour garante ao visitante desvendar os segredos do estádio. O Cícero Pompeu de Toledo, nome oficial, é considerado o maior estádio particular de futebol do Brasil e considerado patrimônio histórico pelo Governo de São Paulo. Adultos pagam R$ 40 e crianças até 5 anos não pagam nada.

 

Santos. Se você quiser, vale dar uma esticada até Santos para conhecer o Memorial das Conquistas, do alvinegro da Vila Belmiro. Basta ir até Santos, o que vamos combinar, não é nenhum sacríficio. Aproveite para passar o dia na cidade praiana, que tem ótimas opções de restaurantes. O tour, segundo o clube, já recebeu mais de 1 milhão de pessoas.

Dicas. Para quem vai visitar um estádio de futebol duas dicas. A primeira é: não se preocupe em tirar todas as fotos do mundo – guarde na retina, e na memória, um pouco da experiência de pisar em territórios sagrados: fiz isso em Wembley e a sensação de sair do túnel é indescritível. A segunda dica: não deixe de passar na lojinha – e vai sempre ter uma lojinha. 

 

Daniel Fernandes

Daniel Fernandes

Editor de Suplementos

Formado em jornalismo em 1998, trabalha no Estadão desde 2004. Adora descobrir coisas novas na cidade de São Paulo, mesmo que falte tempo para conhecer tudo ao mesmo tempo agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.