Dois suspeitos que atacariam banco são mortos pela PM em SP

Criminosos foram localizados na proximidade de agência bancária e houve confronto com os policiais

O Estado de S. Paulo

01 de janeiro de 2015 | 17h38

SÃO PAULO - Dois suspeitos foram mortos em troca de tiros com policiais militares na madrugada desta quinta-feira, 1, quando se preparavam para explodir caixas eletrônicos em uma agência do Banco do Brasil em São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo.

Policiais do 29.º Batalhão chegaram ao local, na esquina das ruas Entrudo e Pires do Rio, depois de uma denúncia anônima, por volta das 0h30. A quadrilha, com 10 integrantes, foi encontrada nas proximidades da agência e houve confronto. Um dos criminosos foi ferido e morreu no local. Segundo a PM, policiais do 2.º Batalhão avistaram o restante da quadrilha em fuga e, em nova troca de tiros, mais um dos suspeitos foi morto.

A quadrilha abandonou um carro com 20 quilos de dinamite diante da agência bancária e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado. Os explosivos foram retirados do carro pelo esquadrão antibombas.

Tudo o que sabemos sobre:
CrimeCaixa eletrônicoSegurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.